Pesquisar no Arquivo do Jornal do Autódromo

Carregando...

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

F-Truck: pane elétrica tira David Muffato da disputa pelo pódio



Pane elétrica tira David Muffato da disputa pelo pódio em Santa Cruz do Sul

Sexto colocado na primeira fase da etapa da Fórmula Truck, paranaense da equipe Muffatão perde duas voltas em relação aos líderes

  Uma pane elétrica impediu David Muffato de disputar seu segundo pódio na temporada de 2015 do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Depois de concluir em sexto lugar a primeira fase da sexta etapa, disputada domingo (9) no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, o piloto paranaense da equipe Muffatão ficou em 15º no resultado final da prova, duas voltas atrás do vencedor Paulo Salustiano, da ABF/Mercedes-Benz.

"Eu vinha num ritmo bom e a disputa era forte com o Roberval Andrade, que estava logo à minha frente, e o Beto Monteiro, que estava atrás", descreve o paranaense. "De repente, desligou tudo no caminhão. Eu desliguei todas as chaves, liguei de novo e o caminhão religou, mas de início sem força para sair do lugar. Recebi uma ajuda do caminhão de serviço e tudo voltar ao normal, só que já tinha perdido muito tempo, mais de duas voltas", diz.

Apesar do problema no Scania número 35, que exibe as cores e a logo dos Refrigerantes Schin, David Muffato manteve-se em 12º na classificação do campeonato. Pedro Muffato, seu pai, teve uma etapa conturbada. Largando da nona fila, ele ficou em 15º na primeira fase da corrida e foi 12º no resultado final. "Não existe mais o que tirar do caminhão. Tem muita coisa para melhorar. Assim está muito difícil", resume o piloto mais experiente do grid.

Pedro Muffato, que tem no caminhão número 20 as cores de Disnorte, Stara, Coopavel, Mahle, Doce Sucar, Açucareira Energy e Muffatão Atacado Distribuidor, manteve a sequência de pontos conquistados em todas as fases das corridas de 2015 e subiu para oitavo na classificação geral da temporada. A sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck será disputada no dia 13 de setembro no Autódromo Internacional de Curitiba.
 
10/08/2015 - Grelak Comunicação - (45) 3037-6667 - Fotos: Orlei Silva/Grelak Comunicação

Legenda 1: David Muffato perdeu duas voltas com a pane elétrica e se manteve em 12º na classificação do campeonato

Legenda 2: Pedro Muffato pontuou em todas as fases das corridas de 2015 e subiu para oitavo na pontuação geral
 
.



--
Jornal do Autódromo / Jornal dos Vales



NOTA: O Jornal do Autódromo tem Apoio e Patrocínio da CIA - Central de Inteligência Acadêmica. 
Faça seu Curso Livre ou de Pós-graduação na CIA

Todos os direitos reservados - 2002 - JORNAL DO AUTÓDROMO:  O Jornal do Autódromo é o principal veículo de comunicação esportivo do Brasil. Seu principal noticiário é o automobilismo e a velocidade em geral. Cobrindo notícias no Brasil e no Mundo. Os profissionais das maiores agências de comunicação, mídia e agência de jornalismo esportivo do Brasil, visitam e deixam suas notícias no Portal do Jornal do Autódromo, contribuindo, assim, com o crescimento em audiência segmentada. Ainda, possui a maior concentração de amantes do automobilismo brasileiro. Quando for anunciar, pense no perfil que você quer atingir e faça sua campanha de publicidade no lugar certo! É melhor para o seu cliente e muito melhor para você! ANUNCIE NO JORNAL DO AUTÓDROMO 
Tabela de valores: on-line - impresso
Prezados(as), todas as seções do Jornal do Autódromo são vinculadas diretamente ao facebook e ao twitter, onde as notícias são lidas por milhares de internautas!
____________________________
Facebook:  https://www.facebook.com/autodromos
E-mail: admin@jornaldoautodromo.com.br
Telefone: 51 9211.4735

F-Truck: Boessio comemora evolução do caminhão e lamenta "circunstâncias da corrida"




Boessio faz avaliações antagônicas de atuação na F-Truck em Santa Cruz do Sul

Piloto gaúcho admite decepção com resultados na sexta etapa da temporada e manifesta satisfação com evolução do caminhão Volvo

  Em termos de resultados, Régis Boessio amargou decepções na sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. O piloto gaúcho da Boessio Competições/Clay Truck Racing foi 11º colocado na primeira fase da corrida do último domingo (9) no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul e ficou em 13º na fase final. Apesar de não ter conquistado um lugar no pódio, sua meta demonstrou satisfação com a evolução do caminhão Volvo.

"Conseguimos evoluir no desenvolvimento do equipamento. Nos treinos livres de sexta-feira fiquei em quinto, e a perspectiva de disputarmos o pódio na corrida era muito real", manifesta Boessio. "As coisas começaram a dar errado na tomada de tempos, com as dificuldades técnicas que surgiram. Larguei em 14º e as circunstâncias da corrida, de um modo geral, não me ajudaram. Elas, na verdade, foram bem desfavoráveis", manifestou o piloto gaúcho.

Boessio rodou na pista na primeira fase da corrida, depois de passar por uma poça de óleo, e caiu para a última posição. Buscando recuperação, era o 11º quando a prova teve a neutralização regulamentar, após meia hora. Já na segunda fase, teve mais contratempos com o óleo no traçado. "Acabei rodando e levei um toque do Raijan Mascarello. Nesse incidente eu fui para último e tive que começar de novo a recuperar posições", lembra o piloto.

Ocupando o 18º lugar na classificação do campeonato, Boessio prefere capitalizar o ganho de rendimento no caminhão. "Foi a nossa conquista do fim de semana, ver que o caminhão está bem mais competitivo e muito constante. O que aconteceu nas corridas foi isso, coisa de corrida", diz o gaúcho, que tem apoio de Suspentech, Rodrigotto, BorgWarner e Aesa Molas. A próxima etapa será disputada no dia 13 de setembro no Autódromo Internacional de Curitiba.
 
10/08/2015 - Grelak Comunicação (45) 3037-6667 - Fotos: Orlei Silva/Grelak Comunicação

Legenda: Régis Boessio atestou a melhora de rendimento do caminhão Volvo na etapa de Santa Cruz do Sul
 
.



--
Jornal do Autódromo / Jornal dos Vales



NOTA: O Jornal do Autódromo tem Apoio e Patrocínio da CIA - Central de Inteligência Acadêmica. 
Faça seu Curso Livre ou de Pós-graduação na CIA

Todos os direitos reservados - 2002 - JORNAL DO AUTÓDROMO:  O Jornal do Autódromo é o principal veículo de comunicação esportivo do Brasil. Seu principal noticiário é o automobilismo e a velocidade em geral. Cobrindo notícias no Brasil e no Mundo. Os profissionais das maiores agências de comunicação, mídia e agência de jornalismo esportivo do Brasil, visitam e deixam suas notícias no Portal do Jornal do Autódromo, contribuindo, assim, com o crescimento em audiência segmentada. Ainda, possui a maior concentração de amantes do automobilismo brasileiro. Quando for anunciar, pense no perfil que você quer atingir e faça sua campanha de publicidade no lugar certo! É melhor para o seu cliente e muito melhor para você! ANUNCIE NO JORNAL DO AUTÓDROMO 
Tabela de valores: on-line - impresso
Prezados(as), todas as seções do Jornal do Autódromo são vinculadas diretamente ao facebook e ao twitter, onde as notícias são lidas por milhares de internautas!
____________________________
Facebook:  https://www.facebook.com/autodromos
E-mail: admin@jornaldoautodromo.com.br
Telefone: 51 9211.4735

Câmara de Vereadores realiza sessão solene para homenagear Fórmula Truck


 

Santa Cruz do Sul – A Câmara de Vereadores aprovou na noite desta segunda-feira, dia 3, um requerimento da mesa diretora, assinada pelos vereadores Gerson Luís Trevisan (PSDB) e Ilário Keller (SD) para realizar uma sessão especial em homenagem à Fórmula Truck e sua presidente Neusa Navarro.

A iniciativa partiu para homenagear os 20 anos de atividades da Fórmula Truck, e que realiza no próximo domingo, a sua quarta prova no circuito Osvaldinho de Oliveira, em Santa Cruz do Sul. A largada no domingo, dia 9, ocorre a partir das 13h. Segundo os vereadores proponentes da sessão especial, a ideia é realizar uma homenagem a esta que é uma das principais categorias do automobilismo sul-americano.

"Poder contar com esta modalidade em Santa Cruz é muito importante para a cidade, que ganha muita projeção. Por isso que se propõe, via mesa diretora da Câmara de Vereadores, a realização desta sessão especial, por intermédio dos vereadores Gerson Trevisan e Ilário Keller", destaca a presidente do poder Legislativo, Solange Finger. A Fórmula Truck realizou três etapas em Santa Cruz até hoje – em 2009, 2011 e 2014.

A sessão deve ser realizada na quinta-feira, dia 6, a partir das 18h30, no Plenário da Câmara de Vereadores. Além do staff da Fórmula Truck, ainda estarão presentes as garotas que estão concorrendo ao título de Princesa dos Caminhoneiros.

 

 

A HISTÓRIA DA FÓRMULA TRUCK

O criador da Fórmula Truck é Aurélio Batista Félix, que nasceu em Santos, litoral paulista, no dia 24 de abril de 1958, e desde criança teve contato com caminhões. Era filho de caminhoneiro e ficava fascinado ao ouvir histórias das viagens do pai, Reinaldo Batista Félix. 

Aos nove anos começou a receber as primeiras orientações sobre como manobrar caminhões e, aos 11, já era um expert mirim. Algum tempo depois, usava uma Kombi para realizar manobras que mais tarde fariam parte de seus shows nas provas da Fórmula Truck. 

Foi na mesma época que ele começou a guiar caminhões nas estradas, inicialmente em pequenas viagens. Mas o trabalho como caminhoneiro começou mesmo aos 18 anos. Com o pai adoentado, ele assumiu a boleia e passou a fazer o transporte de motores Ford, do extinto modelo Maverick, para o porto de São Sebastião, no litoral Norte de São Paulo. Ele descia a rodovia dos Tamoyos e se divertia dirigindo carretas de 10 toneladas. 

Em 1987, Aurélio participou da 1ª Copa Brasil de Caminhões, idealizada pelo jornalista português Francisco Santos, no autódromo de Cascavel, no Paraná. Entretanto, essa primeira prova no Brasil não foi uma boa semente para a competição de caminhões no país. A morte de Francisco Santos adiou a empreitada de Aurélio Batista Félix. 

Daquela data em diante começou um trabalho mais direcionado à ideia da criação de uma categoria de caminhões mais sólida e segura. Foi criada a Racing Truck, em 1993, funcionando na mesma sede da Transportadora ABF, em Santos. Paralelamente à atividade de sua empresa de transporte, Aurélio investia no grande sonho. 

Aos poucos, o filho de caminhoneiro, já vice-presidente do Sindicato dos Motoristas Autônomos da Baixada Santista, foi preparando alguns caminhões que tirava da sua própria frota preparando-os para correr nas pistas. Os trabalhos de transformação, preparação do motor, suspensão, criação de novas peças e, principalmente os equipamentos de segurança, exigiram incansáveis pesquisas e reuniões do pequeno grupo comandado por Aurélio. 

Com a experiência adquirida no Sindicato dos Motoristas, onde chegou à presidência, ele criou a ANPPC (Associação Nacional de Proprietários e Pilotos de Caminhão) e passou a trabalhar detalhadamente em um regulamento técnico, com a preocupação de colocar modelos e marcas diferentes em nível de igualdade nas pistas. 

Em 1994 Aurélio fez uma apresentação oficial em Interlagos e mostrou a Fórmula Truck para empresários, autoridades esportivas e imprensa especializada. No ano seguinte ele conseguiu, com uma liminar na Justiça, voltar às pistas para uma série de provas-exibição, uma forma de ficar fora da alçada da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), que havia proibido as corridas de caminhões depois do acidente de 1987. O público já passava de 15 mil pessoas nas exibições e a CBA passou a estudar a homologação do evento automobilístico, que já impressionava por levar muita gente aos autódromos. 

O reconhecimento do trabalho de Aurélio Batista Félix veio em 1996, com a homologação da categoria e a criação do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Antes, em 1995, já era disputado um campeonato nacional. Entre várias aprovações, os equipamentos de segurança, desenhados por Aurélio e produzidos na própria sede da Fórmula Truck, foram reconhecidos pela entidade máxima do automobilismo brasileiro como sendo superiores aos utilizados na Europa. 

Em 2008, a Fórmula Truck completava sua 13ª temporada, ano em que seu criador Aurélio Batista Félix estaria realizando mais uma etapa de seu interminável sonho: a internacionalização da categoria com uma corrida na Argentina. O projeto ganhou força depois da visita de Aurélio a uma etapa da Truck europeia, em Nurburgring, Alemanha, no ano anterior. 

Na primeira prova do ano, no dia 2 de março em Guaporé, Rio Grande do Sul, Aurélio se sentiu mal logo depois do final da corrida. Já com um histórico de problemas cardíacos, foi socorrido no próprio autódromo e logo depois transferido para o Hospital São Vicente, em Passo Fundo. Após uma bem sucedida cirurgia, comemorada por um corpo médico de seis especialistas, Aurélio estava para ter alta quando, três dias depois, novamente se sentiu mal. Levado para a mesa de operação, foi constatada uma hemorragia estomacal de grandes proporções, o que ocasionou a morte no final da tarde do dia 5 de março de 2008. 

Após a comoção de todo o meio automobilístico, a Fórmula Truck terminou o ano de 2008 com grandes índices de audiência e público. Nas mãos dos coordenadores, que aprenderam com Aurélio, e sob a direção da nova presidente da categoria, Neusa Navarro Félix, a temporada apresentou recorde de público em todas as corridas. 

Aurélio faleceu e a semente plantada por ele germinou, cresceu mais ainda, deu mais flores e frutos. Reconhecida nacionalmente como a categoria mais popular do País, a Fórmula Truck continua a trilhar o caminho da projeção internacional. Aurélio tinha 49 anos quando faleceu. Era casado com Neusa e deixou três filhos: Danielle, Gabrielle e Aurélio Junior. 

Aurélio tinha 49 anos quando faleceu. Era casado com Neusa e deixou três filhos: Danielle, Gabrielle e Aurélio Junior.

Veio 2009 e, sob o comando de Neusa Navarro, a Fórmula Truck fez mais uma bela temporada. O sonho do idealizador continuava a ser realidade. A Fórmula Truck fez sua primeira prova fora das fronteiras do Brasil levando ao Autódromo Juan Y Oscar Galvez, em Buenos Aires, capital da Argentina, o recorde de público, com mais de 70 mil pessoas aplaudindo o show dos caminhões brasileiros. 

A cada ano a Fórmula Truck, a categoria que tem a maior presença de público no automobilismo nacional, mantém sólido e seguro crescimento e ganha merecido reconhecimento no Brasil e em todo o mundo.

 

Neusa Maria Navarro nasceu em 16/6/1960, em São Paulo (SP) e aos 19 anos se casou com Aurélio Batista Félix, o criador da Fórmula Truck. Ela trabalhava no Departamento Financeiro da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul e assumiu a presidência com a prematura morte de Aurélio, em 2008. Sob seu comando, a Fórmula Truck se internacionalizou com várias etapas na Argentina, além de manter corridas em diversos Estados do Brasil. Seus filhos são Danielle, Gabrielle e Aurélio Júnior. Dani e Júnior fazem o Show dos Caminhões nos domingos pela manhã.

 

Foto: Neusa Maria Navarro, presidente da Fórmula Truck, vai receber homenagem na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul

Crédito: Fórmula Truck


______________________________________________

Jacson Miguel Stülp
Jornalista - MTb/RS 9.692
Assessor de imprensa | Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul
Celular - 51.8164.0023




--
Jornal do Autódromo / Jornal dos Vales



NOTA: O Jornal do Autódromo tem Apoio e Patrocínio da CIA - Central de Inteligência Acadêmica. 
Faça seu Curso Livre ou de Pós-graduação na CIA

Todos os direitos reservados - 2002 - JORNAL DO AUTÓDROMO:  O Jornal do Autódromo é o principal veículo de comunicação esportivo do Brasil. Seu principal noticiário é o automobilismo e a velocidade em geral. Cobrindo notícias no Brasil e no Mundo. Os profissionais das maiores agências de comunicação, mídia e agência de jornalismo esportivo do Brasil, visitam e deixam suas notícias no Portal do Jornal do Autódromo, contribuindo, assim, com o crescimento em audiência segmentada. Ainda, possui a maior concentração de amantes do automobilismo brasileiro. Quando for anunciar, pense no perfil que você quer atingir e faça sua campanha de publicidade no lugar certo! É melhor para o seu cliente e muito melhor para você! ANUNCIE NO JORNAL DO AUTÓDROMO 
Tabela de valores: on-line - impresso
Prezados(as), todas as seções do Jornal do Autódromo são vinculadas diretamente ao facebook e ao twitter, onde as notícias são lidas por milhares de internautas!
____________________________
Facebook:  https://www.facebook.com/autodromos
E-mail: admin@jornaldoautodromo.com.br
Telefone: 51 9211.4735

Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul

JORNAL DO AUTÓDROMO

Jornal dos Vales - notícias